Desratização combina técnicas no controle de roedores

Economizar no desentupimento de canos pode sair bem caro
04/01/2017
Dicas de uma desentupidora de ralo
13/01/2017

Desratização combina técnicas no controle de roedores

Grandes centros urbanos sofrem constantes infestações de roedores, pois oferecem condições de abrigo e oferta de alimento. Os ratos começaram a invadir o ambiente doméstico após o homem adquirir o hábito de armazenar grãos e alimentos dentro de casa, onde os ratos também encontraram abrigo contra seus predadores, e trouxeram riscos à saúde humana através de vírus, fungos e bactérias. Dentre muitas espécies as principais são ratazanas (Rattus norvegicus), o rato de telhado (Rattus rattus) e os camundongos (Mus musculus). O combate aos ratos é essencial nas casas, nos condomínios e empresas. O processo de desratização deve ser empregado por profissionais especializados e que tem como objetivo localizar os possíveis focos de infestação de ratos, além de remover essa praga urbana do local com segurança.

 

O processo de desratização é feito através de técnicas integradas. O primeiro passo é identificar qual tipo de espécie invadiu a casa para depois saber de onde estão vindo. Primeiramente, uma equipe vai até o local e faz uma vistoria para identificar a espécie, mapear a área e executar o tratamento físico ou químico mais indicado. As principais técnicas de desratização empregadas em casas, comércios ou indústrias são:

Iscagem Semi parafinadas – consiste na aplicação de raticidas em bloco de alta palatabilidade para os roedores em pontos estratégicos e localizados. Produto de dose única que elimina o roedor por hemorragia interna ressecando-o sem deixar cheiro, essas iscas são atrativas e contem cereais, o que garante que ele encontre as iscas de forma mais rápida. Indicado para áreas externas devido a sua resistência as condições climáticas adversas;

Pó de contato – É um produto químico colocado nas vias de acesso por onde os ratos passam dia e noite. O objetivo é contaminar o pelo do roedor, fazendo-o transmitir o veneno para toda a colônia.

Porta iscas – as iscas devem ser identificadas, mapeadas e acondicionadas em pontos de envenenamento permanente denominado CAIXA PEP. Os portas-iscas são seguros e autorizados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA;

Captura – em ambientes internos com presença de roedores o tratamento é complementado com a instalação de placas adesivas de captura. Não oferecem nenhum risco toxicológico as pessoas que trabalham ou permaneçam no ambiente. Seu mecanismo de atração é obtido através de uma essência que está contida na própria cola.

 

Limpeza do ambiente

Além do controle químico, as medidas de manutenção do ambiente também são importantes no processo de desratização. É preciso ter muito cuidado com a limpeza e o manejo do lixo orgânico. Não acumular lixo na cozinha é um dos principais modos de prevenção – além de não deixar restos de comida na pia da cozinha ou no fogão. Se tiver animais domésticos, evite deixar a ração na tigela durante a noite. Ratos consomem o equivalente a 10% de seu peso/dia, contaminando cinco vezes mais do que consome (pelos, fezes, urina). Eles são responsáveis por 25% dos incêndios com causas desconhecidas, além de inúmeros curtos-circuitos. Produz cerca de 25 mil cíbalas (fezes) num só ano. Lembre-se: uma vez instalados num determinado local, os ratos começam a se reproduzir, multiplicando-se muito rápido, o que dificulta o seu controle e aumenta o risco de transmitir doenças.

 

Desratização é com a Ambiental BR

Ao contratar uma empresa de desratização solicite sempre o Alvará de Saúde emitido pela Vigilância Sanitária do Município onde a empresa se localiza, observando a validade e a atividade liberada. A Ambiental BR oferece diferentes soluções para desratização e controle de outras pragas. Sua equipe analisa o ambiente para determinar a praga alvo, a melhor metodologia a ser aplicada e os melhores produtos disponíveis e autorizados pelo Ministério da Saúde. O procedimento padrão não coloca sua família nem colaboradores em risco. Entre em contato com nosso plantão permanente pelo fone 0800 643 2633 e solicite seu orçamento gratuito.

Os comentários estão encerrados.