Controle de cupins eficaz com a descupinização da Ambiental BR

Limpeza de fachada protege construções de agentes nocivos
Dicas de como desentupir caixa de gordura
03/03/2017
Testamos algumas maneiras de como desentupir ralo de banheiro
Prevenção de incêndios em cozinhas inclui limpeza de coifa
07/03/2017

Controle de cupins eficaz com a descupinização da Ambiental BR

Conheça o programa para controle de pombos da Ambiental BR

Os cupins certamente figuram na lista das pragas mais temidas devido ao seu conhecido hábito de devorar papéis, estruturas de madeira e qualquer outro derivado deste composto. Eles também são capazes de danificar outros materiais não derivados da celulose, tais como carpetes. Entre os sinais da sua presença está madeira cedendo, reboco soltando, pilhas de poeira de gesso e madeira e portas e janelas emperradas. A descupinização é o método recomendado para o controle e eliminação destes insetos.

O aumento da presença de cupins acontece devido a falha na realização dos métodos de descupinização, permitindo que os insetos sobreviventes reconstruam suas colônias e tornem-se resistentes aos métodos. O primeiro passo no programa de descupinização é identificar qual espécie será combatida. As duas principais são o cupim de solo e o cupim de madeira. Conheça cada uma delas:

Cupim de Solo – O cupim de solo (Coptothermes havilandi) espalha-se rapidamente e seu cupinzeiro pode atingir grandes proporções, sendo sua completa erradicação um serviço complexo. Produzem túneis de terra característicos (à primeira vista parecem “estradinhas de terra” sobre a parede). Entram no solo, no concreto, na parede. Podem infestar um prédio inteiro, de cima para baixo. O cupim subterrâneo causa prejuízos não somente em casa, mas em empresas e indústrias. O combate ao cupim de solo baseia-se na eliminação da rainha, que produz uma grande quantidade diária de ovos. Por isso, mesmo que uma grande quantidade de cupins seja eliminada, a rainha mãe pode recuperar rapidamente a colônia.

Cupim de Madeira – O cupim de madeira seca (Criptothermes em várias espécies) come a madeira e produz um pó granulado da mesma cor da madeira, que geralmente encontramos atrás ou embaixo do móvel que está sendo devorado. Esses cupins podem permanecer 15 anos no mesmo móvel. Porém, nunca entram em contato com o solo, e por isso são mais fáceis de combater. O combate é realizado com o tratamento da madeira, que fica protegida contra futuros ataques.

Características das infestações

A porta de entrada de cupins costuma ser os alicerces das casas. Eles costumam fazer tubos de terra para se deslocar, sem precisar se expor à luz ou ao sol. Caso esses tubos estejam por fora das paredes, os proprietários quase sempre as encontram. Contudo, caso esses tubos estejam escondidos, fora da vista, os cupins podem permanecer escondidos por muito tempo até ser tarde demais. Outra forma deles invadirem é através de pequenas rachaduras que aparecem nas casas construídas sobre lajes quando o concreto seca. Quando os cupins encontram essas rachaduras, eles as utilizam para adentrar a casa.

Os cupins também podem entrar através das juntas de dilatação. Construções muito grandes, como galpões, prédios de apartamentos e grandes centros comerciais, geralmente apresentam juntas de dilatação a intervalos regulares. É importante salientar que os cupins podem entrar através das juntas mesmo que haja algum material selante entre as juntas. Por isso é importante realizar inspeções periódicas nos imóveis a fim de identificar a presença de cupins. Muitos profissionais e empresas de descupinização oferecem esse serviço. Esses profissionais podem identificar sinais de atividade de cupins, além de detectar os pontos através dos quais os cupins estão entrando no imóvel.

Métodos de descupinização

Há inúmeros métodos para livrar sua casa e seus móveis desse hóspede indesejado. O mais conhecido é a descupinização química, que é feita por uma empresa ou profissional qualificado (ou não). O controle de cupins necessita de procedimentos criteriosos para identificar o tipo e o nível de infestação na madeira, que pode ser de móveis, assoalhos, quadros, forros e aberturas. Basicamente existem cinco técnicas convencionais de controle e descupinização: tratamento de madeiras, barreira química, iscagem, barreiras físicas e fumigação. A aplicação de alguns produtos é restrita a empresas licenciadas e, mesmo aqueles de venda livre devem ser manipulados com segurança por profissionais que conheçam o seu ofício.

Descupinização do solo

O combate a infestação de cupins deve fazer parte do planejamento de construção de uma edificação dada a utilização de amplo material com celulose usado na obra. Uma opção para evitar a presença de cupins é realizar uma descupinização no solo antes do início de uma construção. A técnica consiste na proteção da edificação antes e durante a construção, através de barreira química junto aos alicerces durante sua construção com posterior tratamento do contra piso antes de sua concretagem.

Descupinização Ambiental BR

Ao contratar uma empresa profissional de descupinização tenha certeza de estarem utilizando as ferramentas corretas para fazer o controle, com toda a segurança para os moradores ou frequentadores da estrutura tratada e os termos de garantia de controle. A Ambiental BR investe em conhecimento técnico de alta qualidade no controle de pragas, o que faz com que seus colaboradores tenham maior know-how, e obtenham os melhores resultados em suas atividades. Entre em contato com nosso plantão de atendimento e solicite uma avaliação gratuita dos nossos técnicos.

Os comentários estão encerrados.